"Para ser bela, pára um minuto diante do espelho, cinco minutos diante da sua alma e quinze minutos diante do SENHOR"

Saia LISTRADA









CABELOS LOIROS COM RAIZ ESCURA


Retocar a raiz do cabelo já não faz mais parte do cotidiano de muitas mulheres. Por isso, a tendência dos fios loiros com a raiz escura está fazendo sucesso. Bem natural ou esfumaçada.

O hábito de deixar as raízes crescerem não é mais considerado descuido e é apontado como tendência para a temporada mais quente do ano. A raiz esfumada, da cor natural do cabelo, confere um contorno agradável ao rosto. Assim, as madeixas não crescem marcadas e a cliente não precisa retocar em intervalos curtos. Além disso, o visual garante aspecto mais natural.




Muitas celebridades estão apostando na raiz mais natural, é claro que, ninguém vai andar por aí com um risco preto na raiz e loiro no restante dos fios. Tenha prudência ao escolher o loiro.






Portanto, se você já está com os fios claros, mas naquela fase de indecisão sem saber se continua loira ou retoma a antiga cor dos fios, ou ainda se a grana apertar um pouco para manter os retoques a cada 15 dias no salão ou em casa, aproveite para entrar nessa moda.


Arranjos de Flores

Arranjos de flores para mesa dão um toque especial ao ambiente, deixando tudo mais vivo, bonito e colorido. Com vários tamanhos, formatos e tipos de flores que usadas na composição, é possível usar esse artifício para criar uma experiência visual e, muitas vezes, olfativa que deixarão sua decoração ainda mais incrível. 

 – Copos podem ser arranjo de flores para mesa 
Decorar a casa com flores não exige muito trabalho ou dinheiro, basta um pouco de criatividade. Usar copos e jarras com formato diferenciado para acomodar as plantas é uma alternativa moderna e descontraída. Sua única preocupação na hora de utilizar esse material é verificar se o tamanho do recipiente consegue comportar a especie que você deseja colocar no seu vaso.
                                                                                  

Arranjos pequenos para mesa

Menos é mais. Em relação a decoração de ambientes, essa máxima faz todo o sentido. Pequenos detalhes, quando se usa pequenas garrafas ou frascos de perfume para dispor ramos de flor pela casa.


 Arranjo em bule ou chaleira

Sabe aquele bule antigo ou aquela chaleira que não pode mais ser usada na cozinha? Com uma pintura simples, eles podem virar excelentes vasos de flores.



Arranjo com frutas

Frutas inteiras ou em cortadas rodelas auxiliam na fixação das flores dentro do recipiente e conferem um estilo tropical à combinação. Essa é uma excelente alternativa para compor a ornamentação de eventos em dias quentes.

Arranjo de flores para mesa em xícaras

O jogo de xícaras incompleto, que você já não usa mais na hora de servir um chá para as visitas, pode voltar à mesa como vasos charmosos para pequenos buquês.

Arranjo com flores submersas

É uma opção elegante, moderna e econômica e provoca grande impacto na decoração, demonstrando bom gosto. Para que as flores fiquem paradas e não boiem na água, vale usar pedras no fundo do recipiente.

Arranjos suspensos

Aproveite as árvores do local, os suportes para plantas, as estruturas de madeira da varanda ou o varal de teto. Para prender o arranjo, use arame ou fita resistente.


Arranjos em taças

Quer uma decoração charmosa e original para eventos comemorativos? Utilize taças para acomodar flores como lírios brancos ou copos-de-leite.


Arranjo em garrafas

Quando descartadas no lixo, as garrafas de vidro passam anos em decomposição, prejudicando o meio ambiente. Dê um novo destino a elas, utilizando-as como jarras para flores. Basta retirar os rótulos, limpar e enfeitar com fitas ou adesivos.


Conseguiu se inspirar nos arranjos de flores para mesa que separamos para você?


Dica de filme: BEN-HUR


Hoje fui assistir o filme Ben-hur e saí profundamente emocianada do cinema..Que filme lindo!!! Recomendo demais!!!! Já vi a primeira versão com CHARLTON HESTON e pensava que seria dificil superar, mas amei a nova versão.

SINOPSE
É a história épica de Judah Ben-Hur, um príncipe falsamente acusado de traição por seu irmão adotivo Messala, um oficial do exército romano. Destituído de seu título, afastado de sua família e da mulher amada, Judah é forçado à escravidão. Depois de muitos anos no mar, Judah retorna à sua pátria em busca de vingança, mas encontra a redenção.

O roteiro do filme, escrito por Keith Clarke e John Ridley – dupla vendedora do Oscar com o longa-metragem “12 Anos de Escravidão” -, mostra uma história de redenção de dois personagens, consumidos por ganância e vingança. A virada na vida de ambos acontece conforme o personagem-título do filme se depara com Jesus Cristo. Os encontros, que acontecem algumas vezes enquanto a história se desenrola, muda a forma de pensar e agir do príncipe judeu que havia sido traído pelo irmão adotivo, e o leva à perdoar seu algoz.

O toque do casal cristão durante a produção do filme fica evidente na exploração de temas como perdão, graça e reconciliação. “Nós amamos a maneira como [os roteiristas] contaram uma história que, na sua essência era uma história de vingança, mas eles apresentaram-na de uma forma que se concentrou em temas, como perdão e reconciliação.